• (62) 3542-9500 / (62) 9 9155-8022
  • comercial@saibweb.com.br

BLOG

13

jun

Quais os riscos da Movimentação de Carga em uma Indústria ou Distribuidora?

Em quase todos os setores da economia, é necessário realizar um processo que consiste na movimentação de mercadorias, seja para armazenamento ou distribuição. Essa etapa, porém, acaba se transformando em um verdadeiro desafio para muitas empresas, uma vez que o processo pode envolver riscos à saúde dos trabalhadores envolvidos e danos aos produtos manipulados.
 
Para evitar problemas durante a movimentação de carga e, consequentemente, prejuízos humanos e financeiros, é muito importante que a empresa conheça todos os riscos envolvidos nesse processo e saiba como evitá-los ou então, como repará-los caso ocorram. Mas, afinal, quais os riscos da movimentação de carga? Acompanhe a seguir!
 

Os riscos da movimentação de carga

 
Primeiramente, devemos esclarecer o que é movimentação de carga. O processo abrange algumas ações referentes ao manuseio das mercadorias, como abaixar, levantar, puxar, empurrar, deslocar ou transportar uma carga. Além disso, esse deslocamento pode ser tanto manual como realizado com o auxílio de equipamentos e acessórios específicos para essa finalidade.
 
Os riscos da movimentação de carga estão intimamente ligados às ações humanas. Isso porque, mesmo nos casos em que são utilizados equipamentos, estes são controlados por trabalhadores. Portanto, pode-se dizer que, com exceção dos casos em que alguma máquina apresenta defeitos, a maioria dos riscos envolvidos no processo é decorrente de falhas humanas.
 
Os riscos da movimentação de carga são lesões musculares, cortes e fraturas, cansaço, quedas, contato com produtos químicos e tóxicos, entre outros. Em relação ao deslocamento mecânico, ou seja, aquele realizado com o auxílio de equipamentos e máquinas, há os riscos de acidentes, que podem ser graves e até fatais para os trabalhadores.
 
Alguns fatores podem potencializar esses riscos e contribuir para acidentes e prejuízos à carga movimentada, como a imprudência (atitudes ousadas e não condizentes com o trabalho que está sendo realizado), a negligência (descuido e desatenção frente ao serviço prestado) e a imperícia (falta de habilidade e qualificação) dos trabalhadores envolvidos no processo.
 
Outras causas de acidentes bastante comuns na movimentação de carga são: prazos apertados para a entrega da carga, o que pode levar os trabalhadores a tomar atitudes imprudentes ou negligentes; características da mercadoria, especialmente quando se trata de produtos frágeis; local de carregamento e descarregamento, especialmente de difícil acesso; falta de recursos e equipamentos para a proteção da carga; embalagens especiais e condições de acondicionamento; meios de transporte disponíveis; custos e necessidade de manuseio das mercadorias.
 

Como evitar ou reparar tais riscos?

 
Embora algumas situações não possam ser evitadas, devido à sua imprevisibilidade, em muitos casos é possível impedir ou minimizar o problema. Uma maneira bastante eficaz de se fazer isso é utilizar equipamentos e acessórios adequados, como empilhadeira, guindaste, elevador, caminhões, guincho, roldanas, cintas, cabos de aço, ganchos, correntes etc. Dispositivos de proteção, os famosos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) também são fundamentais.
 
Outra forma de garantir a qualidade do transporte de carga e evitar os riscos envolvidos no processo é terceirizar esse serviço. Muitas empresas são especializadas na movimentação de mercadorias, o que significa mão de obra qualificada e experiente para a realização das atividades e, portanto, menor chance de que ocorram acidentes e outros problemas.
 
As soluções de Gestão da Saibweb Sistemas podem ajudar no processamento de dados e no fluxo de tarefas para aumentar a gerência sobre cada etapa expedição de carga.
 

Saibweb Sistemas

Conte conosco! Estamos do seu lado!